Última hora

Em leitura:

Partido Socialista diz "não" a Rajoy e prolonga impasse político em Espanha

mundo

Partido Socialista diz "não" a Rajoy e prolonga impasse político em Espanha

Publicidade

Entre apertos de mão selados pela força das circunstâncias, o presidente do Governo Espanhol em funções, Mariano Rajoy, disse que se a recusa do Partido Socialista em deixar passar a sua investidura persistir haverá terceiras eleições legislativas.

Esta terça-feira, Rajoy esteve reunido no Congresso dos Deputados com o líder dos socialistas, Pedro Sanchéz, mas o encontro terminou sem entendimento e traduziu-se num aviso, em tom de alarme.

“É urgente formar Governo. Não é fazer um debate. É urgente que ninguém bloqueie a possibilidade de formar Governo e com um ‘não’ mantém-se o impasse. Isso conduz-nos a novas eleições”, lembrou Rajoy.

Na resposta, o líder dos socialistas, Pedro Sanchéz deixou antever um futuro tenso: “Se ninguém quer fazer um pacto com Mariano Rajoy o problema e a responsabilidade serão de Mariano Rajoy, não das restantes formações políticas. Como líder de um partido de esquerda o que peço a Rajoy e ao conjunto de forças políticas conservadoras que há na Câmara é que as direitas tentem chegar a um acordo porque a esquerda não vai apoiar a direita.”

A maratona negocial de Mariano Rajoy, que procura apoios para formar Governo, prossegue esta quarta-feira com um encontro com o líder do Ciudadanos, Albert Rivera. A formação foi a quarta força política mais votada nas eleições de 26 de junho.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte