Última hora

Em leitura:

Imperador do Japão planeia abdicar

mundo

Imperador do Japão planeia abdicar

Publicidade

O Imperador do Japão, Akihito, quer abdicar. Akihito, que sucedeu ao pai Hirohito em 1989, fez uma comunicação televisiva, raríssima para um imperador japonês, em que disse que a idade avançada começa a não lhe permitir cumprir as funções de chefe de Estado. Akihito está com 82 anos.

Por enquanto, a constituição não permite ao Imperador abdicar. O primeiro-ministro Shinzo Abe promete resolver a situação e disse que iria fazer esforços para uma revisão constitucional.

O Imperador não disse explicitamente que iria abdicar, mas disse que quer que um processo de sucessão mais suave.

Se se confirmar a abdicação de Akihito, será o príncipe herdeiro, Naruhito, a sentar-se no trono imperial, também chamado o “trono do crisântemo”.

Naruhito e a mulher, a princesa Masako, têm participado em cada vez mais cerimónias oficiais. A única filha do casal, a princesa Aiko, pode vir a ser a primeira mulher a aceder ao trono.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte