Última hora

Em leitura:

Turquia: Três atentados fazem 14 mortos e cerca de 300 feridos

mundo

Turquia: Três atentados fazem 14 mortos e cerca de 300 feridos

Publicidade

Esta manhã, em Elazig, na Turquia, um ataque com um carro armadilhado provocou a morte de, pelo menos, cinco polícias e feriu mais de 200 pessoas, 85 delas membros das forças policiais.

O atentado ocorreu à hora em que muitos polícias começavam os seus turnos. Parte da fachada da esquadra ficou destruída.

Menos de quatro horas depois uma outra bomba explodia no distrito Hizan, da província de Bitlis. Cinco soldados e um guarda morreram, outros cinco militares ficaram feridos.

Ancara atribui estes atentados ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão, pelo modus operandi.

Entretanto, esta tarde, o Primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, visitou, no hospital, algumas das vítimas do atentado desta manhã, na cidade de Elazig.

Na quarta-feira à noite, um outro atentado com um carro-armadilhado, próximo de uma esquadra de polícia, na província de Van, matou um agente e dois civis e fez, pelo menos, 73 feridos: 53 civis e 20 polícias.

Desde 2015 que se multiplicam os ataques do braço armado do PKK contra esquadras de polícia e postos militares turcos. Uma forma de lutarem por uma maior autonomia para os 15 milhões de curdos que habitam no país.

Milhares de militantes do PKK e polícias turcos foram mortos. Organizações de defesa dos Direitos Humanos dizem que também morreram, pelo menos, 400 civis.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte