Última hora

Em leitura:

Terramoto em Itália: Milhares de desalojados passam primeira noite em tendas

mundo

Terramoto em Itália: Milhares de desalojados passam primeira noite em tendas

Publicidade

Milhares de desalojados passaram em tendas a primeira tenda após o forte terremoto da madrugada de quarta-feira, que fez pelo menos 247 mortos no centro da Itália.

Quase 5000 camas foram improvisadas pela Proteção Civil junto das localidades de Accumoli, Amatrice, Montegallo e Arquata, na zona mais afetada, mas outras infraestruturas estão previstas para a região de Úmbria.

Um dos sobreviventes na localidade de Arquata del Trento, Silvano conta-nos já ter vivido “muitos terramotos ao longo do anos”. “Há um a cada sete ou oito anos”, estima, mas “como este”, Silvano “nunca tinha visto”. “Foi longo e violento. Antes nunca tinham provocado mortos. Desta vez, nem sei quantas pessoas morreram”, lamenta.

Outro sobrevivente de Arquata del Trento, Arturo Onesi sublinhou que “o terremoto foi prolongado e provocou muito medo.”

Apesar dos abrigos disponibilizados pelas autoridades, muitas foram também as pessoas a abrigarem-se em casas de familiares ou amigos.

Houve também famílias inteiras a passar esta primeira noite após o sismo a dormir nos carros. Mesmo muitos daqueles cujas casas ficaram de pé, têm medo de voltar por causa das réplicas.

Para ajudar os cidadãos que perderam tudo, as autoridades abriram uma linha solidária de mensagens escritas (sms) e estão a divulgar o número pelas redes sociais.

5 Corso Umberto I, Amatrice, Italy

121 Corso Umberto I, Amatrice, Italy

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte