Última hora

Em leitura:

Peregrinos homenageiam madre Teresa de Calcutá

mundo

Peregrinos homenageiam madre Teresa de Calcutá

Publicidade

Beatificada por João Paulo II, madre Teresa de Calcutá foi proclamada santa, este domingo, pelo papa Francisco, 19 anos após a sua morte.

Durante a canonização, no Vaticano, o papa elogiou madre Teresa de Calcutá pelo seu trabalho “em defesa da vida humana” e o “amor gratuito” dado a todos, independentemente da raça ou religião.

“Eu sinto-me muito orgulhoso pois sou indiano. Ela passou a maior parte da sua vida a ajudar os pobres no meu país. Não tenho mais palavras para explicar o que sinto,” afirmou um peregrino indiano.

“Sou médico e os ensinamentos da Madre Teresa ajudaram-me muito a perceber o conceito de amor. O que me ajuda no meu trabalho, ao lembrar-me que Deus está presente em todos os seres humanos,” revelou um peregrino norte-americano.

Após a canonização de madre Teresa, 1.500 pessoas sem abrigo tiveram um almoço de pizza oferecido pelo Vaticano.

A maioria dos sem abrigo vive em albergues dirigidos pela Ordem das Missionárias da Caridade, criada por Madre Teresa.

Os sem abrigo foram transportados de autocarro, de vários pontos de Itália, para participarem na missa de canonização.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte