Última hora

Em leitura:

Terramoto em Itália: A "réplica" do Charlie Hebdo

mundo

Terramoto em Itália: A "réplica" do Charlie Hebdo

Publicidade

O jornal humorístico francês Charlie Hebdo não faz rir os italianos.

Várias personalidades do país declararam nos últimos dias a sua indignação face a uma caricatura do jornal que compara as vítimas do terramoto no centro de Itália a pratos de “pasta”, sob a legenda, “terramoto à italiana”.

Entre as personalidades mais indignadas encontra-se o presidente da Câmara de Amatrice, uma das localidades mais afetadas pelo sismo.

“Trata-se de uma ofensa a todos os italianos que escreveram ‘Je suis…’ e não quero acabar a frase para não fazer publicidade a estas coisas negativas. Há uma diferença entre isto e sátira, não se dever fazer sátira com uma tragédia que atingiu toda uma nação e o mundo inteiro. Penso que é muito feio e se é uma forma de chamar a atenção é uma porcaria que fala por si própria”, afirmou Sergio Perozzi.

Face a uma vaga de indignação sob o lema, ‘eu não sou Charlie’, o jornal respondeu à polémica com uma nova caricatura.

No novo desenho o jornal afirma, com uma legenda: “Não foi o Charlie Hebdo que construiu as vossas casas mas a Mafia”, em referência aos diversos escândalos de corrupção e desvio de fundos que mancharam no passado a reconstrução de zonas sinistradas por terramotos em Itália.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte