Última hora

Subida do populismo na Alemanha poderá ser "fogo de palha"

O correspondente da euronews, Grégoire Lory, pediu a Jean-Michel De Waele uma análise sobre a ascensão da extrema-direita na Alemanha. O professor de Ciência Política na Universidade Livre de Bruxelas

Em leitura:

Subida do populismo na Alemanha poderá ser "fogo de palha"

Tamanho do texto Aa Aa

A euronews pediu a Jean-Michel De Waele uma análise sobre a ascensão da extrema-direita na Alemanha.

allviews Created with Sketch. Point of view

"É muito cedo para dizer se a AfD se instalou definitivamente no panorama político"

Ao correspondente da euronews, Grégoire Lory, o professor de Ciência Política na Universidade Livre de Bruxelas, explicou que “parece que algo está a mudar na Alemanha, mas é preciso confirmá-lo ao longo de várias eleições. Muitas vezes, na Alemanha, observa-se nas eleições regionais alguns surtos da extrema-direita, que depois não se confirmam noutros escrutínios”.

“Temos de esperar para ver. Na França, a Frente Nacional tem expressão há décadas, mas na Alemanha é algo novo e é preciso ver se se estabiliza ou se é “fogo de palha”“, acrescentou.

Questionado sobre a AfD poder vir a constituir-se como uma vaga de fundo na política, Jean-Michel De Waele disse que “ é muito cedo para dizer, e compreendo que estejamos todos chocados com este resultado muito forte da AfD, mas é muito cedo para dizer se o partido se instalou definitivamente no panorama político”.

“Os neo-nazis já se instalaram em alguns parlamentos regionais, para depois caírem no ridículo. Nas eleições seguintes, os eleitores aprenderam a lição e esqueceram-nos. É preciso analisar a conjuntura na Alemanha: temos a chegada de refugiados que alimentou um debate muito emotivo, os ataques às mulheres no último réveillon, tudo isso criou um clima político muito particular. Temos de ver se, nos próximos meses, o debate sobre os refugiados é o mais forte ou se se centra mais nas questões socio-económicas”, referiu.