Última hora

Última hora

Académica regressa a Montreal após meses detida no Irão

O regresso a casa depois de três meses detida no Irão.

Em leitura:

Académica regressa a Montreal após meses detida no Irão

Tamanho do texto Aa Aa

O regresso a casa depois de três meses detida no Irão.

Homa Hoodfar, antropóloga, foi recebida no aeroporto de Montreal, no Canadá, por familiares e amigos, depois das autoridades iranianas a terem libertado por, dizem, razões humanitárias, já que a académica sofre de uma doença neurológica.

Apenas acreditou quando já estava a caminho do Canadá.

“Não senti que iria ser libertada. Apenas quando já estava no avião e o avião estava no ar é que percebi, porque no Irão nada está concluído até estar concluído”, contou.

Homa Hoodfar viajou para o Irão em fevereiro para visitar família e realizar investigação académica. Foi detida em março, libertada e depois, novamente, detida em julho. A família refere que foi acusada de “feminismo e de imiscuir-se em assuntos de segurança nacional”.

Hoodfar estuda género e sexualidade no Islão.