Última hora

Em leitura:

Estufa alimentada por renováveis garante 17 mil toneladas de tomates por ano


Sci-tech

Estufa alimentada por renováveis garante 17 mil toneladas de tomates por ano

Em parceria com

Graças a um novo sistema de produção de energia solar, uma estufa no deserto da Austrália é capaz de gerar a energia necessária para a produção de 17 mil toneladas de tomates por ano.

O projeto foi desenvolvido pela empresa dinamarquesa Aalborg CSP, especialista em energias renováveis. “Este projeto suscitou um grande interesse nas energias renováveis”, admite o presidente da empresa, Svante Bundgaard.

“Tradicionalmente, a energia solar destina-se à produção de eletricidade ou de calor. A nossa tecnologia oferece diferentes soluções que podem ser usadas numa estufa”, sublinhou Jakob Juul, diretor do projeto.

Na prática, 23 mil computadores captam os raios solares, fazendo-os refletir numa torre. A concentração de energia gera temperaturas elevadas que são usadas para aquecer as estufas durante o inverno, para dessalinizar a água e produzir eletricidade.

“Sentimos que criámos um marco. Podemos fornecer novas soluções para produzir energia a partir do sol”, frisou Jakob Juul.

Para já, no deserto da Austrália o novo sistema permite garantir a produção de 15 por cento do tomate consumido a nível nacional.

Os nossos destaques

Artigo seguinte

Sci-tech

ExoMars: Schiaparelli começa descida para o planeta vermelho