Estufa alimentada por renováveis garante 17 mil toneladas de tomates por ano

Estufa alimentada por renováveis garante 17 mil toneladas de tomates por ano
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Graças a um novo sistema de produção de energia solar, uma estufa no deserto da Austrália é capaz de gerar a energia necessária para a produção de 17 mil toneladas de tomates por…

PUBLICIDADE

Graças a um novo sistema de produção de energia solar, uma estufa no deserto da Austrália é capaz de gerar a energia necessária para a produção de 17 mil toneladas de tomates por ano.

O projeto foi desenvolvido pela empresa dinamarquesa Aalborg CSP, especialista em energias renováveis. “Este projeto suscitou um grande interesse nas energias renováveis”, admite o presidente da empresa, Svante Bundgaard.

“Tradicionalmente, a energia solar destina-se à produção de eletricidade ou de calor. A nossa tecnologia oferece diferentes soluções que podem ser usadas numa estufa”, sublinhou Jakob Juul, diretor do projeto.

Na prática, 23 mil computadores captam os raios solares, fazendo-os refletir numa torre. A concentração de energia gera temperaturas elevadas que são usadas para aquecer as estufas durante o inverno, para dessalinizar a água e produzir eletricidade.

“Sentimos que criámos um marco. Podemos fornecer novas soluções para produzir energia a partir do sol”, frisou Jakob Juul.

Para já, no deserto da Austrália o novo sistema permite garantir a produção de 15 por cento do tomate consumido a nível nacional.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Digitalização das PME: Huawei Connect 2023 apresenta tecnologia de ponta

As janelas do futuro apresentadas na Feira Automóvel de Munique

Telemóveis dobráveis e em forma de mala expostos na IFA em Berlim