Última hora

Em leitura:

Iraque: Ofensiva militar contra Daesh recupera localidades cristãs


Iraque

Iraque: Ofensiva militar contra Daesh recupera localidades cristãs

O Exército iraquiano entrou esta sábado na cidade cristã de Qaraqosh que estava sob controle dos extremistas sunitas do Daesh desde 2014.

30 mil soldados iraquianos, combatentes curdos, milícias xiitas e forças sunitas, apoiados pela aviação norte-americana, prosseguem a vasta ofensiva, iniciada na segunda-feira,que visa libertar Mossul, o último grande bastião do Daesh no Iraque.

O avanço é retardado por ataques dos extremistas. O Daesh fez explodir na sexta-feira um depósito de enxofre próximo de Qayyarah. A base militar de Qayyarah, 30 quilómetros a sul de Mossul, é o principal centro logístico das forças iraquianas de apoio a esta ofensiva, que poderá demorar semanas ou meses, dependendo da capacidade de resistência dos cerca de 5 mil extremistas sunitas entrincheirados em Mossul.

O Gabinete de Coordenação dos Assuntos Humanitários da ONU (OCHA) alerta para a situação dramática dos cerca de 1,5 milhões de civis, que estão em risco de serem apanhados no fogo cruzado ou utilizados como escudos humanos pelos jihadistas.

Enquanto o Exército iraquiano tenta avançar do sul e do leste, os combatentes curdos peshmerga mantêm frentes no leste e no norte. Este sábado, as milícias peshmerga celebraram a conquista de Bartella, cidade cristã a norte de Qaraqosh.

Presidente do Parlamento Europeu tenta salvar acordo comercial com o Canadá

mundo

Presidente do Parlamento Europeu tenta salvar acordo comercial com o Canadá