Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Iraque: Ofensiva militar contra Daesh recupera localidades cristãs

Iraque: Ofensiva militar contra Daesh recupera localidades cristãs
Tamanho do texto Aa Aa

O Exército iraquiano entrou esta sábado na cidade cristã de Qaraqosh que estava sob controle dos extremistas sunitas do Daesh desde 2014.

30 mil soldados iraquianos, combatentes curdos, milícias xiitas e forças sunitas, apoiados pela aviação norte-americana, prosseguem a vasta ofensiva, iniciada na segunda-feira,que visa libertar Mossul, o último grande bastião do Daesh no Iraque.

O avanço é retardado por ataques dos extremistas. O Daesh fez explodir na sexta-feira um depósito de enxofre próximo de Qayyarah. A base militar de Qayyarah, 30 quilómetros a sul de Mossul, é o principal centro logístico das forças iraquianas de apoio a esta ofensiva, que poderá demorar semanas ou meses, dependendo da capacidade de resistência dos cerca de 5 mil extremistas sunitas entrincheirados em Mossul.

O Gabinete de Coordenação dos Assuntos Humanitários da ONU (OCHA) alerta para a situação dramática dos cerca de 1,5 milhões de civis, que estão em risco de serem apanhados no fogo cruzado ou utilizados como escudos humanos pelos jihadistas.

Enquanto o Exército iraquiano tenta avançar do sul e do leste, os combatentes curdos peshmerga mantêm frentes no leste e no norte. Este sábado, as milícias peshmerga celebraram a conquista de Bartella, cidade cristã a norte de Qaraqosh.