Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Cristãos iraquianos com medo do regresso a Mosul

Cristãos iraquianos com medo do regresso a Mosul
Tamanho do texto Aa Aa

Os cristãos iraquianos deslocados da cidade de Mosul recuperam a esperança de regressar a casa após a campanha do exército iraquiano para libertar a cidade das mãos do grupo Estado islâmico. No histórico bairro cristão de Irbil, em Ankawa, 1.200 reboques dispostos em fileiras abrigam cerca de 5.000 pessoas.

“Estamos tão felizes com a ideia de podermos voltar a casa porque não estamos confortáveis aqui. Sentimo-nos como que prisioneiros, não há nada como estar em casa.”

“Estamos com medo, de não voltar ao normal quando eles limparem a área. A Daesh está lá há dois anos, talvez tenham deixados explosivos ou bombas. Estamos à espera”.

A maioria dos deslocados estão a viver em acampamentos na região curda do Iraque. Centenas de outros fugiram para países vizinhos, Europa ou Estados Unidos.

A operação Mosul é a maior campanha militar liderada pelas forças iraquianas desde a invasão do país pelos EUA em 2003.