Última hora

Em leitura:

Iraque: forças iraquianas e curdas já teriam morto mais de 800 extremistas


Iraque

Iraque: forças iraquianas e curdas já teriam morto mais de 800 extremistas

Hot Topic Saiba mais sobre Mossul

No Iraque, onze dias após o início da ofensiva contra Mossul, um general norte-americano, Joseph Votel, estimou esta quinta-feira que entre 800 a 900 extremistas já teriam sido mortos.

O avanço em direção à segunda maior cidade iraquiana tem sido lento. Trata-se da maior ofensiva terrestre desde a invasão do Iraque em 2003 liderada pelos Estados Unidos.

As operações têm levado à deslocação de milhares de civis. Estima-se que cerca de 12 mil pessoas teriam abandonado as suas aldeias devido às operações militares.

Uma das estratégias utilizadas pelos extremistas consiste em lançar fogo aos oleodutos o que dificulta o avanço das forças iraquianas e curdas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Bélgica desbloqueia Tratado de Comércio Livre entre UE e o Canadá