Última hora

Em leitura:

World Travel Market: As novidades do setor do turismo em Londres


Economia

World Travel Market: As novidades do setor do turismo em Londres

Milhares de profissionais da área do turismo, políticos e jornalistas deslocaram-se esta semana a Londres para a 37/a edição do World Travel Market, um dos grandes eventos do setor.

A Índia, parceira desta edição, colocou em destaque este ano o novo regime de vistos, mais rápido e simples.

O ministro indiano do Turismo, Vinod Zutshi, revela: “Qualquer pessoa na sua sala, na sua casa, com uma tablete, preenche o formulário de uma página e meia, envia-o para o gabinete de imigração e em três dias recebe o visto eletrónico via email”.

O evento acolheu expositores de 182 países, incluindo destinos ainda pouco conhecidos como a Sérvia.

Belgrado quer desenvolver o setor e aproveita o impulso dado pela nomeação da cidade de Novi Sad, como Capital Europeia da Cultura em 2021, como adianta Marija Labovic, presidente da agência sérvia do Turismo: “É a primeira vez que uma cidade fora da União Europeia é designada Capital Europeia da Cultura. Vemos isso como uma grande oportunidade, não só para Novi Sad e o norte do país, mas para toda a Sérvia, porque melhora a imagem geral do país”.

No centro de convenções ExCel, em Londres, foram exibidas as últimas tendências do setor e a organização esperava que fossem assinados contratos a rondar os 3 mil milhões de euros.

“Para muitos expositores, as feiras de turismo não são especiais, já que chegam a fazer 20 por ano. Mas Londres é diferente, porque é aqui que se fazem os grandes negócios. Estar presente é, por isso, essencial para pequenos e grandes nomes do setor”, explica o nosso enviado Sebastian Saam.