This content is not available in your region

Donald Trump e Mitt Romney ultrapassam insultos mas escondem o jogo

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques  com Reuters, Lusa
Donald Trump e Mitt Romney ultrapassam insultos mas escondem o jogo

<p>Donald Trump e Mitt Romney colocaram de lado a ainda recente troca de insultos durante a campanha das primárias atritos e este sábado reuniram-se no clube de golf do empresário, em Bedminster, Nova Jérsia.</p> <p>Foi mais uma das muitas reuniões que o Presidente-eleito dos Estados Unidos tem realizado no processo de montar a equipa que o vai acompanhar na Casa Branca</p> <p>Cerca de oito meses depois de ter chamado “desonesto” e “uma fraude” a Donald Trump (“twit” em baixo) durante as primárias republicanas, Romney estará agora a ser ponderado pela experiência política para o cargo de secretário de Estado norte-americano, como sucessor de John Kerry quando Trump assumir a Casa Branca.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">He's playing the American public for suckers: He gets a free ride to the White House and all we get is a lousy hat. (2/2)</p>— Mitt Romney (@MittRomney) <a href="https://twitter.com/MittRomney/status/705435016172609537">3 de março de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr"><span class="caps">VIDEO</span>: Mitt Romney called Donald Trump a “fraud.” Now they're meeting to discuss a cabinet post <a href="https://t.co/3iDUjNUcz6">https://t.co/3iDUjNUcz6</a> <a href="https://t.co/dZ2ZGZa6iS">pic.twitter.com/dZ2ZGZa6iS</a></p>— <span class="caps">NBC</span> News (@NBCNews) <a href="https://twitter.com/NBCNews/status/799965495625732098">19 de novembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Porém, o candidato presidencial republicano derrotado por Obama há quatro anos não abriu o jogo. Mitt Romney limitou-se a dizer que teve “uma conversa muito detalhada e profunda” com Trump “durante o tempo disponível”, garantiu ter “apreciado a possibilidade de poder falar com o Presidente-eleito” e disse aguardar “com expectativa” para conhecer “a nova administração e o trabalho que ela vai fazer.”</p> <blockquote class="twitter-video" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">.<a href="https://twitter.com/MittRomney"><code>MittRomney</a> departing Trump National Golf Club- in Bedminster, New Jersey after meeting with <a href="https://twitter.com/hashtag/PEOTUS?src=hash">#PEOTUS</a> <a href="https://twitter.com/realDonaldTrump"></code>realDonaldTrump</a>. <a href="https://t.co/Rp8M3u48XQ">pic.twitter.com/Rp8M3u48XQ</a></p>— Dan Scavino Jr. (@DanScavino) <a href="https://twitter.com/DanScavino/status/800103127198433280">19 de novembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Pelo lado do sucessor de Barack Obama, ouviu-se apenas dizer que a conversa “decorreu muito bem.”</p> <p>Para além de Romney, o Presidente-eleito dos Estados Unidos recebeu também James Mattis. O general já reformado dos “marines” (os fuzileiros norte-americanos) é conhecido como “cão raivoso Mattis” e está a ser apontado ao cargo de secretário da Defesa depois de se ter afastado (ou ter sido afastado pela administração Obama?) em 2013 da liderança do Comando Central.</p> <p>Naquela função, Mattis supervisionou as operações militares no Iraque e no Afeganistão e era ainda responsável por vigiar uma região sensível que incluía a Síria, o Irão e o Iémen.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">Worth noting that only minutes after Mitt Romney left Trump National Golf Club in Bedminister, James Mattis arrived.</p>— Ben Jacobs (@Bencjacobs) <a href="https://twitter.com/Bencjacobs/status/800062624947847169">19 de novembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Estas foram, no entanto, apenas duas das muitas reuniões realizadas por Donald Trump ao longo de sábado com diversas personalidades que estarão a ser ponderadas para os vários lugares em aberto após a transição de Obama para o novo Presidente.</p> <p>Quando as reuniões terminaram e Trump se preparava para abandonar o local, foi questionado pelos jornalistas sobre o que teria ou não sido decidido. O Presidente-eleito dos Estados Unidos limitou-se a dizer que se tinha encontrado com pessoas “muito eficientes e muito boas”. “Temos visto enormes talentos. Pessoas que nos vão ajudar, como eu costumo dizer, a fazer a América grande outra vez. São mesmo excelentes pessoas e muito telentosas”, afirmou Trump.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">7 things to know about Trump Bedminster golf club, center of political world right now <a href="https://t.co/rtalZUSTKW">https://t.co/rtalZUSTKW</a></p>— NJ.com Politics (@NJ_Politics) <a href="https://twitter.com/NJ_Politics/status/799972214565142528">19 de novembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Desta vez, ao contrário do encontro de Donald Trump sexta-feira com o primeiro-ministro do Japão, não houve fotos a revelar se a filha do Presidente-eleito, Ivanka Trump, tinha estado presente nestas reuniões, mas a <span class="caps">ABC</span> News sugere que sim. </p> <p>De acordo com a estação de televisão norte-americana Ivanka terá estado com o marido de novo ao lado do pai, na escolha dos membros para a nova equipa da Casa Branca.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">Ivanka Trump should show us the women who work to make her life possible <a href="https://t.co/BnCMjx1FPr">https://t.co/BnCMjx1FPr</a></p>— New York Magazine (@NYMag) <a href="https://twitter.com/NYMag/status/800159957760888832">20 de novembro de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>