Última hora

Em leitura:

Mundo une-se a Chapecó na homenagem às vítimas


Brasil

Mundo une-se a Chapecó na homenagem às vítimas

Um dia depois da tragédia, o estádio de Chapecó é o centro para onde convergem os familiares e amigos das vítimas, tal como os muitos adeptos a quem custa ainda acreditar no que sucedeu.

Alaíde é a mãe do guarda-redes Danilo, inicialmente dado como sobrevivente, mas que morreu a caminho do hospital: “Estou despedaçada. É muito difícil, ainda não consegui assimilar”, disse, emocionada.

Emocinante foi a homenagem prestada por Galvão Bueno e pela redação do Jornal Nacional da Globo aos mortos no acidente aéreo, incluindo muitos jornalistas, dos quais três da estação.

“É um momento muito triste, não resta senão pedir a Deus que nos dê forças para continuar”, diz César Augusto, primo do jornalista falecido Guilherme Marques.

No Rio de Janeiro, o Cristo Redentor pintou-se de verde, a cor do Chapecoense. Na capela na base do monumento, foram muitos a participar na missa por alma das vítimas.

Veja também a homenagem antes do Liverpool-Leeds:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Presidente da Coreia do Sul aceita demitir-se