This content is not available in your region

Vladimir Putin diz-se pronto a colaborar com Donald Trump no combate ao terrorismo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Vladimir Putin diz-se pronto a colaborar com Donald Trump no combate ao terrorismo

<p>Vladimir Putin fez o tradicional discurso sobre o estado da nação, esta manhã, no Kremlin. O presidente russo falou sobretudo de política interna e do estado da economia russa, traçando metas para o futuro, mas não deixou de referir a posição de Moscovo no xadrez internacional, afirmando que a Rússia não procura desavenças, mas sim amizades: <br /> “A Rússia não precisa de conflitos. Nem nós, nem os nossos parceiros, nem a comunidade internacional. No que respeita aos nossos colegas que nos recebem como opositores, nós não procuramos nem nunca procurámos inimigos. Precisamos de amigos”.</p> <p>Depois, numa mensagem direta ao coração do amigo Donald Trump, que se prepara para ocupar a presidência dos Estados Unidos, em janeiro, afirmou:<br /> “Estamos preparados para a cooperação com a nova administração americana. É importante normalizar e recomeçar a desenvolver as relações bilaterais, numa base de igualdade e mutualidade. A cooperação entre a Rússia e os Estados Unidos, na solução dos problemas locais e globais, é do interesse do mundo inteiro”, acrescentando:<br /> “Certamente que espero que possamos unir esforços com os Estados Unidos para lutar contra as ameaças reais e não imaginárias que constituem o terrorismo internacional. É esta a função que os nosso militares tentam cumprir na Síria. O exército e a marinha russas provaram, de forma convincente, que podem trabalhar com eficácia longe do país”.</p> <p>E em jeito de conclusão, palavras de motivação ao povo:<br /> “O futuro do nosso país só depende de nós, do trabalho empenhado, do talento, da responsabilidade e do sucesso dos nossos cidadãos e alcançaremos os nossos objetivos”.</p>