This content is not available in your region

Em dia de demissão, Matteo Renzi faz balanço de mandato como primeiro-ministro

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Em dia de demissão, Matteo Renzi faz balanço de mandato como primeiro-ministro

<p>Num discurso proferido na sede do Partido Democrático, esta quarta-feira, em Roma, o ainda primeiro-ministro italiano, fez um balanço do mandato como chefe de Governo e elencou vários desafios com que Itália se confronta. Também deixou entender que se mostra aberto a eleições antecipadas ou à possibilidade de um governo de unidade nacional.</p> <p>As palavras de Matteo Renzi fizeram-se ouvir no dia em que o Parlamento italiano aprovou o Orçamento de Estado para 2017, o que deveria acontecer na sexta-feira. Superado este processo, Renzi ficou com o caminho livre para apresentar formalmente, ainda hoje, a demissão ao presidente Sergio Mattarella.</p> <p><blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="it" dir="ltr">Legge di bilancio approvata. Alle 19 le dimissioni formali. Grazie a tutti e viva l'Italia<a href="https://t.co/PLsLxcrPGS">https://t.co/PLsLxcrPGS</a></p>— Matteo Renzi (@matteorenzi) <a href="https://twitter.com/matteorenzi/status/806502084564619264">December 7, 2016</a></blockquote><br /> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>A proposta do Orçamento foi aprovada no Senado com 173 votos a favor e 108 contra, depois de ter tido a “luz verde”, na semana passada, da Câmara dos Deputados.</p>