Última hora

Em leitura:

Explosão de comboio provoca momentos de horror em pequena localidade búlgara


Bulgária

Explosão de comboio provoca momentos de horror em pequena localidade búlgara

Pelo menos cinco pessoas morreram e 25 ficaram feridas, este sábado, na explosão de um comboio com tanques de gás, na Bulgária. A composição, de transporte de mercadorias descarrilou, e explodiu, na gare de Hitrino, destruindo casas e estabelecimentos comerciais. Uma parte dos 800 habitantes da localidade foi retirada das suas casas:

“O comboio estava a entrar na estação, quando descarrilou. O que estava nos tanques, quem sabe? Aparentemente, espalhou-se algo sobre os edifícios e pegou tudo fogo”, adianta um morador.

“Eu vivo na rua ao lado, ouviu-se uma explosão horrível, havia detritos pelo ar. Consegui correr e fugir mas a onda de choque puxava-me para o outro lado”, refere outro morador.

Hitrino fica localizada no nordeste do país, a cerca de 280 quilómetros da capital búlgara, Sofia.

De acordo com o Primeiro-ministro interino o número de vítimas mortais será mais elevado já que há feridos com queimaduras muito graves, e que estão em estado crítico.

Um jovem de 18 anos, segundo um responsável hospitalar, não resistiu aos ferimentos.

Sete dos tanques do comboio, que transportava gás butano e propano, descarrilaram e embateram contra postes de alta tensão, provocando a explosão e o incêndio.