This content is not available in your region

Turquia: Detidos quase 200 membros do partido pró-curdo HDP

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Turquia: Detidos quase 200 membros do partido pró-curdo HDP

<p>Quase 200 membros do partido de esquerda pró-curdo <span class="caps">HDP</span> foram detidos pela polícia turca. </p> <p>Os homens e mulheres daquela que é a quarta força do parlamento turco foram interpelados durante operações em pelo menos oito províncias esta manhã.</p> <p>São acusados de pertencerem ao Partido dos Trabalhadores do Curdisão, <span class="caps">PKK</span> guerrilha considerada terrorista pela União Europeia e os Estados Unidos. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Pro-Kurdish <span class="caps">HDP</span> members arrested on suspicion of <span class="caps">PKK</span> membership <a href="https://t.co/tS8wrDRH3p">https://t.co/tS8wrDRH3p</a></p>— Ruptly (@Ruptly) <a href="https://twitter.com/Ruptly/status/808258183093489664">December 12, 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>As detenções acontecem depois de um braço do <span class="caps">PKK</span>, os Falcões da Liberdade do Curdistão, ter reivindicado o duplo atentado de Istambul no sábado, que provocou pelo menos 44 mortos, 30 deles polícias, e 155 feridos.</p> <p>Os funerais dos polícias decorreram no domingo e contaram com a presença das mais altas individualidades públicas do país.</p> <p>Igualmente, no domingo, horas depois da reivindicação, aviões militares turcos bombardearam alvos no norte do Iraque, destruindo um quartel-general e outras estruturas, informaram as forças armadas num comunicado.</p>