Última hora

Em leitura:

Turquia: Detidos quase 200 membros do partido pró-curdo HDP


Turquia

Turquia: Detidos quase 200 membros do partido pró-curdo HDP

Quase 200 membros do partido de esquerda pró-curdo HDP foram detidos pela polícia turca.

Os homens e mulheres daquela que é a quarta força do parlamento turco foram interpelados durante operações em pelo menos oito províncias esta manhã.

São acusados de pertencerem ao Partido dos Trabalhadores do Curdisão, PKK guerrilha considerada terrorista pela União Europeia e os Estados Unidos.

As detenções acontecem depois de um braço do PKK, os Falcões da Liberdade do Curdistão, ter reivindicado o duplo atentado de Istambul no sábado, que provocou pelo menos 44 mortos, 30 deles polícias, e 155 feridos.

Os funerais dos polícias decorreram no domingo e contaram com a presença das mais altas individualidades públicas do país.

Igualmente, no domingo, horas depois da reivindicação, aviões militares turcos bombardearam alvos no norte do Iraque, destruindo um quartel-general e outras estruturas, informaram as forças armadas num comunicado.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Venezuela

Maduro retira nota de 100 bolívares para combater 'máfias'