Última hora

Última hora

Ex-PR de Portugal, Mário Soares mantém-se "inconsciente, mas reage a estímulos"

Antigo chefe de Estado e de Governo foi admitido na madrugada de terça-feira nos Cuidados Intensivos do Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, está inconsciente e em situação crítica.

Em leitura:

Ex-PR de Portugal, Mário Soares mantém-se "inconsciente, mas reage a estímulos"

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo Presidente da República Mário Soares, de 92 anos, está internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital da Cruz Vermelha em situação crítica e com “prognóstico reservado”, informou o hospital.

Na mais recente atualização ao estado clínico, divulgada ao final da manhã pelo hospital, Mário Soares mantinha-se em situação crítica e com prognóstico reservado, mas com “uma discreta melhoria do estado de consciência”, já revelando reação a estímulos.

“O Hospital da Cruz Vermelha informa que o doutor Mário Soares se mantém em situação crítica e com prognóstico reservado”, disse aos jornalistas o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, José Barata.

De acordo com este primeiro boletim clínico do dia, “o estado de saúde do doutor Mário Soares manteve-se estável durante a noite, sem significativa alteração dos sinais vitais e com uma discreta melhoria do estado de consciência.”

Questionado pelos jornalistas sobre o que significava esta melhoria do estado de consciência, José Barata explicou que Mário Soares, de 92 anos, “está inconsciente, mas reage a estímulos”. “O doutor Mário Soares mantém-se internado nos Cuidados Intensivos do Hospital da Cruz Vermelha sob permanente vigilância por parte da equipa clínica multidisciplinar que o acompanha”, referiu ainda a mesma fonte.

Sobre o que terá motivado o antigo Presidente da República a ser internado, na madrugada de terça-feira, o porta-voz disse apenas que Mário Soares se sentiu indisposto, não avançando os motivos.

Mário Soares está na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital da Cruz Vermelha em situação crítica e com “prognóstico reservado”.

Numa declaração aos jornalistas pouco depois das 18:00 de terçaq-feira, o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, José Barata, afirmava que Mário Soares mantinha “o nível dos sinais vitais e o mesmo grau de consciência, sendo o prognóstico reservado”. “O doutor Mário Soares foi admitido, esta madrugada, na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital da Cruz Vermelha [em Lisboa], em situação crítica”, explicou na altura José Barata.

O porta-voz da unidade hospitalar confirmou que o antigo Presidente da República está inconsciente e que nas últimas horas “tem estado debaixo de intensa vigilância médica, não se verificando alteração ou agravamento da sua situação clínica”. “Mais uma vez, a família do doutor Mário Soares agradece a preocupação de todos neste momento delicado”, disse ainda.

Presidente Marcelo visitou Soares após regresso de Nova Iorque

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fez terça-feira uma visita a Mário Soares após regresar de Nova Iorque, onde esteve presente na cerimónia do juramento de António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas.

A acompanhar a situação do antigo chefe de Estado no hospital estão os filhos Isabel e João Soares, tendo ao longo do dia passado na unidade de saúde, entre outros, o sobrinho e médico Eduardo Barroso, o secretário de Estado do Trabalho do IX Governo – liderado por Mário Soares – Vítor Ramalho e o Diretor-Geral da Saúde, Francisco George, que não quis prestar declarações aos jornalistas uma vez que esteve presente enquanto familiar.

Para esta quarta-feira, não está prevista a divulgação de mais nenhum boletim clínico, mas à porta do Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, permanecem vários jornalistas, de diversos meios de comunicação social.

O antigo Presidente da República Jorge Sampaio já disse entretanto estar a acompanhar “com muita preocupação e com muita solidariedade” o estado de saúde de Soares.

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou ao final da tarde que, como todos os portugueses, acompanha “com carinho” a situação de saúde do antigo chefe de Estado Mário Soares, desejando as suas melhoras.

Aos jornalistas, o médico e sobrinho de Mário Soares, Eduardo Barroso, sublinhou os “92 anos de um homem que já estava fragilizado, que ficou muito mais fragilizado depois da encefalite e ainda mais depois de ter perdido a sua mulher” (vídeo em baixo).

Eduardo Barroso adiantou que o antigo Presidente da República “não está consciente” e recordou o episódio de quando Marcelo Rebelo de Sousa quis ir visitar o antigo chefe de Estado depois da sua eleição. “Eu fui preparar essa visita e a reação dele foi: “mas quem és?”, mesmo para mim”, relatou, o que dá conta das “alterações do estado de consciência”.

Texto: Lusa (JF/ IEL/JH)
Edição: Francisco Marques