Última hora

Em leitura:

Ataque em Berlim: Suspeito detido nega envolvimento e polícia admite incerteza


Alemanha

Ataque em Berlim: Suspeito detido nega envolvimento e polícia admite incerteza

A polícia de Berlim admite não ter certezas de que o requerente de asilo paquistanês, de 23 anos, detido hora e meia após o ataque seja de facto o condutor do camião que abalroou o mercado de Natal, no centro de Berlim, capital da Alemanha.

Citando fontes da investigação, o jornal Die Welt adianta que as forças de segurança acreditam ter detido “o homem errado” e que o responsável pela morte de 12 pessoas na Breitscheidtplatz esteja ainda em fuga e armado.

A investigação está em curso e foi assumida já esta terça-feira de manhã pela Procuradoria-geral. A polícia já terá apurado, entretanto, que este foi “um ato deliberado” contra a multidão e que poderá vir a enquadrar-se nos critérios de um atentado terrorista.

No interior do camião, foi encontrado morto um cidadão polaco. A polícia garante que esta pessoa não seria a pessoa em controlo do camião.

Há relatos, entretanto, de buscas pelas forças especiais da polícia alemã no já desativado antigo aeroporto de Tempelhof, onde um antigo aeroporto foi transformado em centro de acolhimento de refugiados.

O camião já foi retirado do local para ser analisado ao pormenor pelas equipas de investigação forense e o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière, decretou esta terça-feira como dia de luto nacional.

Confirmada identidade do atirador do centro islâmico de Zurique

Suíça

Confirmada identidade do atirador do centro islâmico de Zurique