This content is not available in your region

Coreia do Sul: Novo partido conservador quer Ban Ki-Moon na presidência

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Coreia do Sul: Novo partido conservador quer Ban Ki-Moon na presidência

<p>O Tribunal Constitucional da Coreia do Sul realizou, esta terça-feira, a segunda audiência do caso de impugnação da Presidente Park Geun-hye.</p> <p>A comissão parlamentar e os advogados de Park não chegaram a acordo em relação às testemunhas e provas a serem discutidas.</p> <p>Uma terceira audiência está marcada para sexta-feira.</p> <p>A ex-chefe de Estado foi acusada pelo Ministério Público por alegadamente se ter deixado influenciar por Choi Soon-sil, que terá extorquido dinheiro a algumas das maiores empresas do país, aproveitando-se da relação próxima com a Presidente.</p> <p>O escândalo forçou a presidente a demitir-se.</p> <p>“Os apoiantes de Park esqueceram-se dos verdadeiros valores do conservadorismo e isso resultou na perda de confiança do povo. Ignoraram a voz do povo, permitindo a Choi Soon-sil intrometer-se em assuntos de Estado”, disse um membro do Parlamento sul-coreano.</p> <p>Após o colapso de Park, dezenas de deputados deixaram o partido conservador.</p> <p>29 desses deputados planeiam criar um novo partido e atrair Ban Ki-Moon, que consideram ser a pessoa certa para ocupar a Casa Azul.</p>