Última hora

Em leitura:

Egito: Supremo anula polémica devolução de dois ilhéus à Arábia Saudita


mundo

Egito: Supremo anula polémica devolução de dois ilhéus à Arábia Saudita

A justiça egípcia dá razão a milhares de manifestantes do país ao anular o acordo sobre a devolução de duas ilhas do Mar Vermelho à Arábia Saudita.

O Supremo Tribunal egípcio confirmou que os ilhéus de Tiran e Sanafir pertencem ao território nacional, ao contrário do que defendia o governo ao anunciar devolução das ilhas em Abril.

A decisão dos juízes confirma a sentença pronunciada em Junho e contestada pelo governo.

Segundo um dos magistrados, Ahmed El Shazli, “o tribunal considera que a soberania de Tiran e Sanafir são incontestáveis”.

O governo do presidente Abdel Fattah al-Sissi, aliado de Riad, alegava que o território tinha sido entregue ao Cairo para proteção, pelo fundador do estado saudita.

As duas ilhas desabitadas situam-se à entrada do golfo de Aqaba, junto ao porto israelita de Eilat.

A decisão dos tribunais ocorre depois de milhares de pessoas terem protestado contra a decisão do governo.

A sentença arrisca-se a inflamar ainda mais as relações entre os dois países aliados depois da Arábia Saudita ter suspendido a distribuição de petróleo ao país, em setembro, no contexto das divisões sobre a guerra na Síria.