Última hora

Em leitura:

Justiça francesa acusa "suspeito do chapéu" de estar ligado aos atentados de Paris


França

Justiça francesa acusa "suspeito do chapéu" de estar ligado aos atentados de Paris

A justiça francesa acusou um dos principais suspeitos dos atentados de Bruxelas de estar igualmente ligado aos ataques em Paris.

Mohamed Abrini foi extraditado da Bélgica para França durante 24 horas para ser interrogado, esta segunda-feira.

O chamado “homem do chapéu” dos atentados de Bruxelas tinha sido fotografado dias antes dos ataques em Paris, junto a Saleh Abdeslam, o principal suspeito das ações na capital francesa.

Face à decisão do juiz de instrução francês, o advogado de defesa de Abrini garante que o suspeito se encontrava na Bélgica, no momento dos atentados de 13 de novembro de 2015.