Última hora

Em leitura:

Qual país lidera a energia eólica na União Europeia?


mundo

Qual país lidera a energia eólica na União Europeia?

A Alemanha está a apostar nos investimentos na energia eólica numa altura em que de uma forma geral, na Europa, o setor está em declínio, revela um novo relatório .

A reduzir a dependência na energia nuclear, a Alemanha acrescentou mais cinco gigawatts (GW) de eletricidade em 2016, segundo os dados da Wind Europe.

A França e a Holanda também aumentaram a capacidade, durante o ano, mas esta é uma situação de remendo na União Europeia como um todo, revela a associação.

“No ano passado metade dos países da União Europeia não investiram qualquer euro na energia do vento”, afirmou Oliver Joy, porta-voz da Wind Europe. “Isto é alarmante porque mostra que as instalações estão concentradas em certos mercados, particularmente no noroeste europeu e nos nórdicos”, acrescenta.

“Atualmente, apenas sete dos 28 Estados membros têm planos claros para a energias renováveis para depois de 2020 e isso é insuficiente”, explica.

O empenho da Alemanha significa que agora o país tem a capacidade para produzir 50 GW de energia eólica, um terço do total da União Europeia.



ِA vizinha Polónia, rica em carvão, acrescentou 0.7 GW de energia do vento no ano passado mas os críticos afirmam que uma nova lei está a ajudar a matar o setor.

Como parte de um plano para solucionar o problema das alterações climáticas, a União Europeia tem como objetivo produzir 20 por cento da energia consumida a partir das renováveis até 2020.

O bloco chegou aos 16 % em 2014.

A Alemanha produziu 13.8 % da sua eletricidade a partir das renováveis em 2014, segundo os últimos dados do Eurostat.

O objetivo é chegar aos 18 % em 2020. Isto depois de um novo mapa online ter sido publicado e que mostra a quantidade de energia eólica produzida na Europa todos os dias e quanto foi utilizada pela fonte renovável.

Como a energia eólica cresceu desde 2000

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

mundo

A mulher que escapou da morte para enfrentar uma escolha impossível