Última hora

Última hora

Comandante da operação que matou brasileiro Menezes nomeada chefe da Scotland Yard

É a primeira mulher a comandar a Scotland Yard em 188 anos.

Em leitura:

Comandante da operação que matou brasileiro Menezes nomeada chefe da Scotland Yard

Tamanho do texto Aa Aa

É a primeira mulher a comandar a Scotland Yard em 188 anos.

Cressida Dick foi nomeada para dirigir a polícia metropolitana de Londres. Trata-se da comandante da operação que vitimou o brasileiro inocente Jean Charles de Menezes em 2005.

A agora comissária chefe, estava a servir no ministério dos negócios estrangeiros, e vai agora comandar 43 mil agentes e gerir um orçamento de mais de 3 500 milhões de euros.

“Não poderia estar mais satisfeita por ser nomeada comissária. É algo que está porá lá os meus melhores sonhos, Um privilégio extraordinário. Sinto-me muito humilde”, declarou.

Cressida Dick tem uma folha de serviços invejável mas com uma mancha.

Era ela quem comandava a operação antiterrorista que vitimou Jean charles de Meneses, abatido com oito tiros (sete na cabeça) quando se preparava para entrar numa estação do metro, após os ataques de Londres de 2005.

O brasileiro foi confundido com um terrorista em fuga.