Última hora

Em leitura:

Erasmus: Trinta anos depois o futuro é incerto


mundo

Erasmus: Trinta anos depois o futuro é incerto

Dentro de um mês assinalam-se os 60 anos passados sobre a assinatura do Tratado de Roma que constituía, formalmente, a Comunidade Económica Europeia, atual União Europeia.

Trinta anos depois nascia um programa ambicioso que permitiria aos jovens, que fazem parte desta grande comunidade de países da Europa, partir à procura de conhecimento, de novas experiências noutros países.

Três décadas volvidas, o futuro do Erasmus, que mudou a vida de muitos estudantes, é incerto. Há quem anteveja o seu fim, por questões financeiras.

Para fazer reviver o projeto os seus responsáveis e alguns alunos, que tiveram o privilégio de passar por esta experiência, reuniram-se em Roma, o lugar onde tudo começou, para defender “a sua dama” e pedir mudanças na organização mais importante do velho continente:

“A Europa tem de sair deste status quo. Se permanecer assim não haverá Europa em 30 anos. A desintegração europeia, que já começou, continuará. Se a Europa escolher, politicamente, romper com esse status quo, então eu imagino uma Europa de desenvolvimento sustentável, uma Europa federal e protagonista na cena mundial”, explica, à euronews, Sandrp Gozi, subsecretário para as questões europeias.

Mas o que é a Europa, aos olhos destes estudantes?

“Para mim, a Europa é algo que construímos todos os dias, isso não é algo imutável, é algo que muda e se adapta às novas identidades. Para mim é isso, a unidade dentro da diversidade”, adianta Baris Kastas, estudante de 22 anos, oriundo de Istambul, Turquia.

O futuro é incerto, ainda assim, e quem cresceu neste projeto sabe o que quer e a mensagem que quer transmitir:

“Foi no Capitólio que, há 60 anos, o Tratado de Roma foi assinado, marcando o nascimento da CEE. E é daqui que, hoje, os estudantes, que celebram os 30 anos de Erasmus, enviam uma mensagem de união à Europa”, diz a enviada da euronews a Roma, Valentina Longo.

Outras ligações:

http://pt.euronews.com/2015/04/13/erasmus-para-sempre

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

França

França: Justiça abre porta a imputação de Fillon