Última hora

Em leitura:

Irlanda: PM diz que investigação a orfanato católico pode ser alargada depois de descoberta de vala comum


Irlanda

Irlanda: PM diz que investigação a orfanato católico pode ser alargada depois de descoberta de vala comum

“Verdadeiramente terrível”: foi desta forma que o primeiro-ministro irlandês classificou a descoberta de uma vala comum com os restos mortais de centenas de bebés e crianças num antigo orfanato católico no oeste do país. Enda Kenny afirmou que as investigações poderão ser alargadas a outras instituições para orfãos e mães solteiras geridas nas últimas décadas pela Igreja na Irlanda.

Kenny disse que “não foi algo que aconteceu na história remota. Nalguns casos, aconteceu na nossa própria época, por isso é preciso dar seguimento [ao inquérito] da forma mais rápida, eficaz e sensível possível, porque trata-se de uma situação horrível para os que tiveram familiares tratados desta forma”.

A revelação, na passada sexta-feira, da existência de uma vala comum junto a um orfanato gerido por freiras na localidade de Tuam, no município de Galway, confirmou as suspeitas de uma historiadora local, Catherine Corless, que tentava descobrir o destino de 800 crianças mortas na instituição na década de 1950.