This content is not available in your region

FBI confirma investigação sobre ligações de Trump a Moscovo

Access to the comments Comentários
De  Nelson Pereira
FBI confirma investigação sobre ligações de Trump a Moscovo

<p>O diretor do <span class="caps">FBI</span>, James Comey, confirmou na segunda-feira a existência de um inquérito sobre as tentativas de ingerência russas na campanha presidencial americana de 2016, e sobre uma eventual coordenação entre membros da equipa de Donald Trump e o governo russo. </p> <p>Comey disse também que o <span class="caps">FBI</span> e o Departamento de Justiça não encontraram indícios de que o então candidato a presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tenha sido escutado ou espiado a mando do ex-presidente Barack Obama, uma acusação avançada por Trump através da sua conta no Twitter.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr">Terrible! Just found out that Obama had my “wires tapped” in Trump Tower just before the victory. Nothing found. This is McCarthyism!</p>— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) <a href="https://twitter.com/realDonaldTrump/status/837989835818287106">4 mars 2017</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="fr"><p lang="en" dir="ltr">How low has President Obama gone to tapp my phones during the very sacred election process. This is Nixon/Watergate. Bad (or sick) guy!</p>— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) <a href="https://twitter.com/realDonaldTrump/status/837996746236182529">4 mars 2017</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>“Com todo o respeito que tenho pelos tweets do presidente Donald Trump, nós não temos quaisquer informações que possam sustentá-los”, disse Comey.</p> <p>O chefe do <span class="caps">FBI</span> e o diretor da <span class="caps">NSA</span>, Mike Rogers, são ouvidos esta segunda-feira numa sessão pública da Comissão de Serviços Secretos da Câmara do Representantes.</p> <p>Donald Trump pediu na semana passada ao Congresso norte-americano que comande uma investigação sobre eventuais escutas de que tenha sido alvo por ordem do ex-presidente Barack Obama antes das eleições eleições presidenciais de 8 de novembro. Em mensagens no Twitter, Trump acusou o seu antecessor de o ter mantido sob escuta antes das eleições.</p>