Última hora

Em leitura:

Quartos com vista para o muro da Cisjordânia: O hotel criado por Banksy em Belém


Israel

Quartos com vista para o muro da Cisjordânia: O hotel criado por Banksy em Belém

O hotel com “a pior vista do mundo”, como é definido pelo seu criador, Banksy, começou a receber os primeiros hóspedes esta segunda-feira, em Belém, na Cisjordânia.

O nome, ‘The Walled Off Hotel’, ‘O Hotel Emparedado’, numa tradução livre, aproveita também a homofonia quase perfeita com a cadeia de hotéis de luxo Waldorf. Com esta obra, o misterioso ‘street artist’ britânico volta a interpelar consciências 100 anos depois de o governo britânico ter expressado apoio à criação de um Estado judaico na Palestina através da chamada Declaração de Balfour.

Para a presidente da Câmara de Belém, Vera Baboun, as obras criadas por Banksy “têm mensagens políticas de relevo” e dão um “valor artístico” ao hotel, que irá contribuir para o turismo na cidade.

O hotel de três andares conta com 10 quartos que recebem apenas 25 minutos de sol direto por dia.

Para um dos primeiros hóspedes a chegar, Toan Nguyen, é “muito interessante ser o hotel com a pior vista. É algo único a que se junta a arte de Banksy”, razões que levaram o turista a querer visitar o estabelecimento.

No interior, as obras de Banksy remetem para um olhar crítico em relação ao conflito israelo-palestiniano e para as responsabilidades do império britânico na matéria. A vista, em todos os quartos, é para o muro com cinco metros de altura, erguido por Israel, e para o gueto em que transformou a Cisjordânia.

FBI confirma investigação sobre ligações de Trump a Moscovo

EUA

FBI confirma investigação sobre ligações de Trump a Moscovo