Última hora

Em leitura:

Alemanha investiga espionagem turca no seu território


Alemanha

Alemanha investiga espionagem turca no seu território

A procuradoria federal alemã abriu um inquérito às suspeitas de que os serviços secretos turcos terão conduzido atividades de espionagem no território germânico, num momento em que as relações são particularmente tensas entre os dois países.

Ancara é suspeita de ter espiado 300 pessoas e organizações na Alemanha, consideradas próximas do imã no exílio Fetullah Gulen, que a Turquia acredita estar por trás do golpe de Estado falhado do verão de 2016.

O ministro alemão do Interior, Thomas de Maiziére, afirma que “não é uma surpresa. Sempre dissemos à Turquia que algo deste tipo é inaceitável. […] A lei alemã deve ser respeitada e cidadãos não serão espiados por países estrangeiros”.

Vários meios de comunicação alemães afirmavam, esta segunda-feira, que o próprio diretor dos serviços secretos turcos, Hakan Fidan, tinha entregue ao homólogo germânico, numa conferência sobre Segurança em Munique, em fevereiro, imagens de videovigilância registadas em território alemão, bem como uma lista de 300 pessoas e organizações visadas pela espionagem.

As tensões entre a Alemanha e a Turquia já estavam ao rubro devido à proibição de vários atos de campanha, em território germânico, a favor do referendo sobre o fortalecimento dos poderes do presidente turco.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Reino Unido

Escócia: Independentistas sonham com um novo referendo após o Brexit