Última hora

Em leitura:

Escócia entrega pedido para segundo referendo à saída do Reino Unido


Reino Unido

Escócia entrega pedido para segundo referendo à saída do Reino Unido

A responsável pelo governo escocês apresentou, formalmente, o pedido de realização do segundo referendo, sobre a independência em relação ao Reino Unido.

Para Nicola Sturgeon os escoceses têm direito a escolher o seu futuro. O parlamento tinha aprovado, quinta-feira, a realização deste referendo:

“Na minha opinião, a vontade do Parlamento escocês deve ser respeitada. Não se trata apenas de respeito mas de como isso acontecerá e se a Primeira-ministra optar por não fazê-lo farei, nas próximas semanas, o que for preciso para garantir que a vontade do Parlamento é respeitada e que faremos progressos no sentido de dar ao povo da Escócia uma escolha”, afirmou Sturgeon.

Em 2014, cinquenta e cinco por cento dos escoceses recusou a independência mas, no referendo que levou ao “Brexit”, sessenta e dois por cento votou pela permanência do Reino Unido na União Europeia.Enquanto a líder do Partido Nacionalista Escocês acredita que a Escócia tem direito à autodeterminação, a Primeira-ministra britânica vai dizendo que “não é o momento” de realizar este novo referendo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Iraque

Guterres quer mais ajuda para o Iraque