Última hora

Jovem manifestante assassinado pela polícia no Paraguai

Em Assunção, no Paraguai, um jovem morreu ao ser atingido por disparos da polícia.

Em leitura:

Jovem manifestante assassinado pela polícia no Paraguai

Tamanho do texto Aa Aa

Em Assunção, no Paraguai, um jovem morreu ao ser atingido por disparos da polícia. O incidente aconteceu na sede do Partido Liberal Radical Auténtico e no seguimento de confrontos entre manifestantes e forças policiais.

Desde sexta-feira que se protestava contra a alteração à Constituição do país, aprovada pelo Senado, para permitir a reeleição do Presidente Horacio Cartes.

“Horacio Cartes e Blas Llano traidores da Pátria! Vocês são os responsáveis, os responsáveis por isto!” – Gritava um ativista, no interior do edifício.

Rodrigo Quintana, 25 anos, atingido por uma bala de borracha na cabeça, foi transportado para o hospital mas não resistiu aos ferimentos.

Os distúrbios começaram no Congresso do Paraguai depois de 25 dos 45 senadores, terem aprovado o projeto de revisão constitucional que tem de ser ratificado pela Câmara dos Deputados, onde o governo é maioritário.

A votação aconteceu fora do plenário e sem a presença dos restantes senadores, nem do presidente desta câmara.