Última hora

Última hora

Jovem manifestante assassinado pela polícia no Paraguai

Em leitura:

Jovem manifestante assassinado pela polícia no Paraguai

Jovem manifestante assassinado pela polícia no Paraguai
Tamanho do texto Aa Aa

Em Assunção, no Paraguai, um jovem morreu ao ser atingido por disparos da polícia. O incidente aconteceu na sede do Partido Liberal Radical Auténtico e no seguimento de confrontos entre manifestantes e forças policiais.

Desde sexta-feira que se protestava contra a alteração à Constituição do país, aprovada pelo Senado, para permitir a reeleição do Presidente Horacio Cartes.

“Horacio Cartes e Blas Llano traidores da Pátria! Vocês são os responsáveis, os responsáveis por isto!” – Gritava um ativista, no interior do edifício.

Rodrigo Quintana, 25 anos, atingido por uma bala de borracha na cabeça, foi transportado para o hospital mas não resistiu aos ferimentos.

Os distúrbios começaram no Congresso do Paraguai depois de 25 dos 45 senadores, terem aprovado o projeto de revisão constitucional que tem de ser ratificado pela Câmara dos Deputados, onde o governo é maioritário.

A votação aconteceu fora do plenário e sem a presença dos restantes senadores, nem do presidente desta câmara.