This content is not available in your region

Trump assina decretos protecionistas

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Trump assina decretos protecionistas

<p>Donald Trump avança com a agenda protecionista: o presidente dos Estados Unidos assinou dois decretos que pretendem travar as “violações” das práticas comerciais por parte de outros países que, segundo a sua administração, contribuem para o défice norte-americano, prejudicam a indústria e põe em causa um grande número de postos de trabalho no país.</p> <p>Trump afirmou que a administração quer “garantir que é recolhida a totalidade dos impostos devidos dos importadores estrangeiros, que enganam [o sistema]. A partir de agora, os que quebram as regras irão enfrentar as consequências, que serão bastante severas”.</p> <p>Trump preconiza mudanças radicais em matéria comercial, pondo em causa vários acordos de livre comércio, tanto regionais como mundiais. A sua administração pretende também reformar a Organização Mundial do Comércio.</p> <p>Entre os países na mira do presidente norte-americano, está a China e Trump alertou, no Twitter que “o encontro da próxima semana” com o gigante asiático “será bastante difícil”, porque os Estados Unidos “não podem continuar a ter enormes défices comerciais”.</p> <p>A posição da Casa Branca a respeito do setor da siderurgia ilustra a “linha dura” de Washington, que acusa grupos europeus e asiáticos de praticarem o “dumping”, em detrimento da indústria norte-americana.</p>