Última hora

Última hora

Itália: Protestos contra cimeira "para planear guerras"

Alguns manifestantes contra esta cimeira do G7 envolveram-se em confrontos com a polícia.

Em leitura:

Itália: Protestos contra cimeira "para planear guerras"

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto os ministros dos Negócios Estrangeiros dos sete países mais industrializados do mundo discutiam, os movimentos altermundialistas aproveitaram esta cimeira do G7 em Lucca para protestar contra o que dizem ser um “encontro em que se discutem guerras”.

A recente decisão de Donald Trump de enviar mísseis para a Síria foi um dos motes do protesto: “Estamos aqui porque a reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros do G7 é, essencialmente, uma reunião em que se planeiam guerras. Não quero ouvir a retórica deles, nem a ideologia, nem o que representam. O que está a acontecer no Mediterrâneo é a prova de que são senhores da guerra”, diz um dos participantes no protesto.

Um pequeno grupo de manifestantes envolveu-se em confrontos com a polícia ao tentar quebrar as barreiras policiais que isolam a zona onde está a decorrer a cimeira.