Última hora

Em leitura:

Marroquinos, suspeitos de terrorismo, detidos em Barcelona


Espanha

Marroquinos, suspeitos de terrorismo, detidos em Barcelona

A polícia da Catalunha prendeu, esta terça-feira de manhã, pelo menos oito pessoas numa grande operação contra o terrorismo.

Operação dirigida por um juiz da Audiência Nacional, tribunal com sede em Madrid, e apoiada por agentes dos serviços antiterroristas da Polícia Nacional e a Polícia Federal belga.

Quatro delas estarão relacionadas com os detidos na sequência dos atentados de 22 de março de 2016 no metro e no aeroporto de Bruxelas, em que morreram 35 pessoas e 340 ficaram feridas.

Terão sido realizadas buscas em 12 locais diferentes.

A investigação desta rede começou há oito meses. Os detidos, de origem marroquina, têm idades compreendidas entre os 21 e os 39 anos. Têm todos antecedentes criminais, ligados ao tráfico de drogas.

Espanha tinha já detido 22 pessoas, por ligação ao extremismo islâmico, em 16 operações diferentes, só este ano.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

França

"Não terão o meu ódio", diz companheiro do polícia assassinado