Última hora

Em leitura:

#LigaEuropa 1/2 final: Rashford coloca Morinho com um pé na final


Desporto

#LigaEuropa 1/2 final: Rashford coloca Morinho com um pé na final

Um golo de livre de Marcus Rashford já na segunda parte vale ao Manchester United uma importante vantagem na disputa com o Celta de Vigo por um lugar na final da Liga Europa. A jogar em espanha, a equipa de josé Mourinho dominou e podia inclusive ter conseguido um resultado mais dilatado.

Os ingleses apresentaram-se bastante desfalcados no estádio dos Balaídos. O sueco Zlatan Ibrahimovic será o nome mais sonante entre os ausentes, mas também o argentino Marcos Rojo e os ingleses Luke Shaw e Phil Jones estão de baixa médica.

Nem por isso, o United deixou de tentar dominar e marcar. O guarda-redes Sergio Alvarez esteve em destaque na primeira parte, em especial como uma enorme defesa aos 21 minutos, a remate de Marcus Rashford.

O Celta também criou algumas chances, embora sem grande pontaria. Ao intervalo, podia dizer-se que os espanhóis “sobreviveram” à primeira parte da equipa de Mourinho.

Aos 59 minutos, também Romero, o guarda-redes do “Man United” mostrou serviço a remate de Sisto, após desvio em Antonio Valencia.

Pouco depois, num livre direto, Rashford, marcou. Um remate traiçoeiro a que Alvarez não se fez da melhor forma.

O United controlou a vantagem e sai dos Balaídos em vantagem para a segunda mão, em Old Trafford, onde, esta época, conta por vitórias todos os jogos europeus efetuados.

Olympique de Lyon em maus lençóis

Na quarta-feira, os franceses do Olympique de Lyon foram a Amesterdão sofrer uma pesada derrota, por 4-1, diante do Ajax.

A equipa do guarda-redes português Anthony Lopes ficou com a presença na final de Estocolmo dependente de uma grande noite no Parque OL, a 11 de maio.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Desporto

Fernando Alonso entra "a matar" nos testes para a #Indy500