Última hora

Em leitura:

CIA estará a planear "assassinato" de Kim Jong-un, acusa a Coreia do Norte


Coreia do Norte

CIA estará a planear "assassinato" de Kim Jong-un, acusa a Coreia do Norte

O regime da Coreia do Norte acusa a CIA e os serviços secretos sul-coreanos de planearem um atentado para suprimir o líder o Kim Jong-un com recurso a uma substância bioquímica. Segundo os meios de comunicação do país, um grupo terrorista estará já infiltrado em território nacional para realizar o ataque.

A tensão entre Washington e Pyongyang aumentou depois de Donald Trump prometer, em janeiro, tudo fazer para impedir que a Coreia do Norte desenvolva o armamento nuclear com que ameaça atingir os EUA.

Por sua vez, as autoridades norte-coreanas qualificam as ações do governo norte-americano, incluindo o reforço da presença militar na região, como “intimidação e chantagem”.

Na declaração, Pyongyang evoca uma morte “com produtos químicos, uma substância radioativa, ou nanosubstance destinada a envenenamento” que é o “melhor método”, porque não envolve “aproximação ao lvo” e gera “ resultados fatais de seis a 12 meses “.

A acusação surge numa altura em que o regime multiplica as declarações belicosas à Coreia do Sul e Estados Unidos, em resposta à retórica do presidente norte-americano Donald Trump, que está disposto a resolver sozinho, e, se necessário à força, a questão norte-coreana.

França

Macron lidera intenções de voto