Última hora

França: Valls candidata-se às legislativas junto de Macron

Manuel Valls declarou que "o Partido Socialista está morto" e que, candidato às legislativas, quer sê-lo com "La Repúblique En Marche!" de Macron.

Em leitura:

França: Valls candidata-se às legislativas junto de Macron

Tamanho do texto Aa Aa

Manuel Valls já o havia dito antes da confirmação da vitória do sucessor de François Hollande: apoia o agora renomeado La Republique en Marche!, o movimento de Emmanuel Macron, o novo presidente da República Francesa.

Para além do apoio, Valls deu o passo em frente para se afirmar candidato para as legislativas de junho, enquanto representante do movimento criado por Macron, que não é um partido. E o Partido socialista, o do antigo primeiro-ministro, precisamente, está, segundo ele, morto.

“Nestes momentos é preciso auto-superação, esquecer os rancores e os problemas pessoais. A mim, o que me interessa antes de tudo é a França, é a República, logo, é o sucesso do presidente da República. Porque não me esqueço de que o combate com a extrema direita vai continuar e por isso é preciso estar atento às legislativas e tentar acordos que impeçam a Frente Nacional de ganhar em certos círculos eleitorais”, afirmou Manuel Valls em entrevista à emissora RTL France.

É a primeira deserção de peso do Partido Socialista francês, desde a eleição de Emmanuel Macron no passado domingo.

Valls pode ajudar Macron a atingir uma maioria desejada nestas legislativas para ser viável a implementação dos planos reformistas que propõe, mas Macron ainda não confirmou Valls como candidato, ponderando bem a colagem de nomes associados à falta de popularidade de Hollande.

O Partido Socialista, por seu lado, já tem candidato para o círculo eleitoral de Valls.