Última hora

Em leitura:

Terço gigante no Santuário de Fátima


Portugal

Terço gigante no Santuário de Fátima

Um terço gigante com 26 metros decora, a partir desta semana, a entrada da Igreja da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima. A obra, que recebeu o nome de “Suspensão” é da autoria da artista Joana Vasconcelos e foi encomendada no quadro das comemorações do Centenário das Aparições.

Uma peça que se ilumina pela primeira vez na noite de 12 de maio, no momento em que o Papa Francisco entrar no santuário para a recitação do Rosário.
Joana Vasconcelos diz que o grande desafio foi decidir o local para instalar a obra:

“Foi difícil a escolha do lugar, mas a partir do momento em que se encontrou este lugar, acho que ficámos muito contentes, por ele poder estar nesta ‘suspensão’, no fundo abraçando todos aqueles que vão cá vir”, explicou, acrescentando: “Houve aqui uma preocupação grande para integrar este terço no espaço do Santuário de uma forma que parecesse que cá estava desde sempre, de alguma maneira.”

A “Suspensão” de Joana Vasconcelos, artista conhecida pelas suas obras sobredimensionadas, não se esquivou, no entanto, a uma polémica comparação com o terço gigante erguido no convento da Penha, em Vila Velha, no estado do Espírito Santo, no Brasil. O terço da Penha, que é colocado todos os anos por ocasião das festas da Senhora da Penha foi criado por um médico ginecologista, em 1998. Na altura, o médico solicitou a ajuda dos bombeiros para suspender o terço entre duas palmeiras. A moda pegou e o terço volta todos os anos durante as festas, mas tem sido modificado. Em 2013 foi pela primeira vez iluminado com duas mil lâmpadas LED. Em abril de 2017 foi reproduzido em bolas de esferovite recicladas, flores de papel, seis mil pérolas e arames, num total de mais de 12 mil peças.

O médico Osmar Sales, atualmente com 61 anos, explicou à Globo que o criou o primeiro terço, numa tentativa de recriar um terço gigante da missa celebrada por João Paulo II, no Rio de Janeiro, em 1997. O terço está exposto até meados de maio.

Em resposta à polémica, Joana Vasconcelos diz que “desconhecia” a existência do terço no Brasil e que “os dois terços n âo têm nada a ver um com o outro”.

Argentina

Argentinos na rua contra Supremo Tribunal