Última hora

Em leitura:

Síria, curdos e Gülen no menu de Trump e Erdoğan


EUA

Síria, curdos e Gülen no menu de Trump e Erdoğan

A Síria vai estar no centro das discussões entre Donald Trump e Recep Tayyip Erdoğan. O presidente da Turquia visita a Casa Branca depois da guerra de palavras a propósito do apoio norte-americano aos combatentes curdos do YPG. A crise dos refugiados vai ser outro dos temas de conversa. Antes da visita, Erdoğan acusou Trump de estar a apoiar terroristas, já que a organização curda é vista assim pela Turquia. O governo de Ancara teme que as armas dadas pelos norte-americanos ao YPG possam acabar nas mãos de combatentes do PKK e usadas em atentados na Turquia. Trump contrapõe que o YPG é o grupo mais eficaz no combate ao Daesh na Síria.

Os desentendimentos entre Ancara e Washington vão para além da Síria e dos curdos. Erdoğan vai certamente insistir na extradição de Fethullah Gülen, um clérigo refugiado nos Estados Unidos, que o governo turco acusa de estar por detrás da tentativa de golpe de Estado de há um ano. Erdoğan quer também a libertação e o fim do processo contra Reza Zarrab, um homem de negócios turco-iraniano, acusado de ajudar clientes, no Irão, que procuram fugir às sanções americanas.