Última hora

Presidente da Ucrânia em cerimónia sobre isenção de vistos

O Presidente da Ucrânia participou numa cerimónia que assinala o regime de isenção de vistos para os ucranianos que queiram viajar para a União Europeia, desde que tenham passaporte biométrico. Petro

Em leitura:

Presidente da Ucrânia em cerimónia sobre isenção de vistos

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente da Ucrânia participou numa cerimónia que assinala o regime de isenção de vistos para os ucranianos que queiram viajar para a União Europeia, desde que tenham passaporte biométrico.

“A Ucrânia retorna à família europeia. A Ucrânia despede-se finalmente do império soviético e russo”, disse Petro Poroshenko, que foi recebido pelo Presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, quarta-feira, em Estrasburgo (França).

Antonio Tajani mencionou a instabilidade político-militar no país, devido ao conflito com a Rússia, dizendo que “depois desta decisão positiva, a relação entre o seu país e a União Europria será mais fácil”.

“Queremos trabalhar no Parlamento Europeu, enquanto instituição da União, para encontar boas soluções, incluindo para a implementação do acordo de Minsk”, acrescentou Tajani.

O regulamento será publicado em breve no Jornal Oficial da União Europeia e entrará em vigor 20 dias mais tarde.

Na capital ucraniana, Kiev, um cidadão ucraniano referiu que nas muitas viagens que fez para a Europa o visto “foi sempre muito caro, com muita papelada a preencher. Os vistos eram de muito curta duração e tinha de respeitar as datas. Agora tudo ficará muito mais mais fácil para aqueles que querem ir para a Europa fazer turismo ou negócios”.

A isenção aplica-se nas viagens para 26 Estados-membros, já que o visto continuará a ser necessário para entrar no Reino Unido e na Irlanda, que têm um regime de exceção.

Contudo, face a acordos da União Europeia com outros países, a isenção de visto também se aplica nas viagens dos ucranianos para a Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça.