Última hora

Última hora

Exposição fotográfica: Donbass, além das notícias

A histórias de sucesso para além do conflito no leste da Ucrânia pelos olhos de uma fotógrafa independente, agora numa exposição, em Bruxelas.

Em leitura:

Exposição fotográfica: Donbass, além das notícias

Tamanho do texto Aa Aa

Cumprem-se, nesta primavera, quatro anos do conflito no leste da Ucrânia. Os acordos de Minsk são considerados como a única solução para que seja alcançada a paz. No entanto, nenhuma das partes envolvidas parece estar pronta para cumprir com os requisitos definidos. Entretanto, os habitantes de Donbass enfrentam as consequências da guerra. A jornalista e fotógrafa ucraniana Natalia Liubchenkova deseja que as histórias destas pessoas não sejam esquecidas. A sua exposição fotográfica “Donbass, mais além da notícia” já passou por Paris e está agora patente em Bruxelas.

Untitled

​O objetivo de Natalia é mostrar como os habitantes da região, a pesar das dificuldades, conseguem fazer coisas extraordinárias, como projetos pessoais e de negócios. Acreditam que a reconstrução do local onde vivem pode ajudar a alcançar uma paz duradoura. Entre os habitantes de Donbass, Natália encontrou Yana Synytsa, de Donetsk. Agora na pequena localidade de Kryva Luka​, local agora sob controlo do Governo ucraniano. A terra é pouco conhecida, mesmo entre os ucranianos, mas a beleza natural circundante é muito apreciada pelos que a visitam. ​

Untitled

Yana aproveitou a sua experiência no setor do turismo para fundar um projeto ecológico e fazer com que a região se torne mais conhecida entre os turistas. Agora, chegam, vindas de todo o lado, mais pessoas à pequena localidade. Celebram-se mais eventos e há mais iniciativas. As Nações Unidas já tinham financiado outros projetos de Yana, que diz querer “mostrar ao mundo que os ucranianos são ativos e corajosos, que têm talento.”

Yana diz que os ucranianos “têm tido força para ajudar as suas famílias, mas também para ajudar os outros, muitas vezes com dificuldades e riscos para as suas próprias vidas. Mesmo assim, conseguiram transformar a região com ideias criativas.”

Ivan também faz parte deste grupo de habitantes que quer superar os problemas causados pelo conflito. Foi mineiro antes de refugiar-se em Makiyivka, acompanhado pela família. Nunca pensou que seria nessa terra que viria a formar a sua própria quinta, um sonho muito antigo. Além disso, criou postos de trabalho. Agora, planeia abrir uma loja de comida biológica.

Untitled

Em Maryinka, perto de Donetsk, há uma padaria que se dedica a distribuir a produção pelos mais necessitados.

Donbas builds peace

Hennadiy Kirkach, um etnólogo de Sloviansk, na região de Donetsk, tem dedicado a vida a colecionar objetos históricos. Nunca teve qualquer tipo de ajuda da parte do Governo, mas conseguiu abrir três museus interativos.

Untitled

A exposição de Natalia Liubchenvoka pode ser vista no centro cultural Senghor, no bairro de Eterbeek, em Bruxelas, perto do local onde estão grande parte das instituições europeias. Uma iniciativa que contou com o apoio de UAct e TUB, organizações fundadas por ucranianos residentes na Bélgica. Julia Zelvenska, da UAct, diz que depois de “abandonar tudo o que se ama para salvar a vida, ver o sofrimento da família é uma tragédia humana impensável.” “Entender que mais de dois milhões de pessoas têm passado por esta experiência na Ucrânia”, diz Zelvenska, “é desolador.” Acreditamos que a arte é a melhor forma de abrir os corações. “Esta exposição”, conclui, “é a melhor forma de chamar a atenção do público para a situação na Ucrânia, ao mesmo tempo que partilhamos a nossa admiração por estas pessoas, muito corajosas, do nosso país.”

A exposição fotográfica “Donbass, além da notícia” está patente até ao próximo dia 4 de junho.

Horários

Sábado 27 de maio – 17:00 – 18:00

Quinta-feira, 1 de junho– 19:30 – 20:30

Sexta-feira, 2 de junho – 20:30 – 20:30

Domingo, 4 de junho – 18:00 – 22:00

Untitled