Última hora

Ativistas tibetanos manifestaram-se esta segunda-feira em Nova Deli contra a presença da China no país.

O protesto teve lugar à porta da representação da ONU no país.

Os manifestantes deitaram-se ao lado de caixões cobertos por panos brancos e imagens de monges tibetanos que se auto-imolaram em sinal de protesto.

Segundo a Campanha Internacional para o Tibete, desde fevereiro de 2009 que 150 tibetanos se auto-imolaram para protestarem contra a presença da China no país.

A China reclama o Tibete como território chinês mas a maior parte dos tibetanos afirma que a região manteve-se independente durante séculos até à invasão chinesa nos anos 50.

Mais vídeos No Comment