Última hora

Ataque de Londres: Suspeito de terrorismo detido e oitava vítima encontrada

Buscas efetuadas no leste da capital britânica levaram a polícia a deter homem de 30 anos por alegada ligação ao ataque de sábado à noite.

Em leitura:

Ataque de Londres: Suspeito de terrorismo detido e oitava vítima encontrada

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia britânica deteve esta quarta-feira um homem de 30 anos, por suspeita de ligação ao ataque terrorista de sábado à noite na Ponte de Londres, e o corpo de uma outra vítima, a oitava, foi resgatado do rio Tamisa.

A nova vítima é um cidadão francês identificado como Xavier Thomas, de 45 anos, que estava desaparecido desde a fatídica noite no centro da capital britânica.

Após buscas no leste de Londres, as autoridades revelaram também a detenção às primeiras horas desta quarta-feira de um homem de 30 anos, por suspeita de “ordenar, preparar ou incitar atos terroristas.”

A descoberta da oitava vítima mortal e a detenção de um novo suspeito de terrorismo acontecem em véspera das eleições gerais no Reino Unido e numa altura em que a primeira-ministra e líder da campanha dos Conservadores defendeu a mudança das leis de direitos humanos na luta do país contra o terrorismo.

“O que quero dizer é que é preciso fazer mais para limitar a liberdade e os movimentos dos suspeitos de terrorismo quando temos evidências suficientes de que representam uma ameaça, mas não há provas suficientes para uma acusação em tribunal. E se as nossas leias de direitos humanos nos impedem de fazer isso, vamos muda-las para que o possamos fazer”, disse Theresa May, num comício.

Na oposição, os trabalhistas recusam seguir o mesmo caminho. As leis de direitos humanos não representam um obstáculo na luta contra o extremismo, defende o partido de Jeremy Corbyn.