Última hora

Última hora

Destruição na ilha de Lesbos

Uma pessoa morreu e duas continuam hospitalizadas depois do sismo que sacudiu a ilha grega de Lesbos.

Em leitura:

Destruição na ilha de Lesbos

Tamanho do texto Aa Aa

Duas pessoas continuam hospitalizadas, depois de terem ficado feridas, na sequência do sismo, de magnitude 6,1, que sacudiu a ilha grega de Lesbos, segunda-feira à tarde.

Uma mulher morreu. A destruição é visível, por todo o lado na pequena localidade de Vrisa. A casa da vítima mortal, de 43 anos, foi uma das que ruiu:

“Ela deixa dois filhos, o marido ficou gravemente ferido. Basta olhar para os lados, já não existe nada aqui. Agora é uma aldeia fantasma. Em apenas alguns segundos a nossa vida mudou, radicalmente”, explica Evangelos Valelis, familiar da vítima.

“Três casas, a minha, a da minha mãe e a da minha sogra ficaram, totalmente, destruídas. Mas o importante é que nós estamos bem e podemos reconstruir tudo”, adianta Kostas Kalantzis, residente de Vrisa.

As autoridades iniciaram já avaliação dos estragos provocados pelo tremor de terra que danificou vários edifícios do século XIX que fazem parte do espólio da cidade.