Última hora

Grenfell: Sadiq Khan condena anos de negligência

Presidente da Câmara de Londres condena anos de negligência dos sucessivos governos

Em leitura:

Grenfell: Sadiq Khan condena anos de negligência

Tamanho do texto Aa Aa

O incêndio da Torre Grenfell, em Londres, deixou a nu a fraca capacidade de resposta das autoridades britânicas a uma tragédia desta dimensão e têm-se multiplicado as críticas à sua atuação. A chefe de governo, Theresa May, foi apupada durante a sua visita ao local do sinistro, na sexta-feira, mas nem só de vozes anónimas se fazem os protestos.

O presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, já tinha classificado o incêndio como uma tragédia evitável e agora veio a público elogiar a capacidade de superação de uma comunidade unida pelo luto, acrescentando que as pessoas se encontravam zangadas com os anos de negligência por parte da autarquia e dos sucessivos governos.

O último balanço, avançado pela polícia esta segunda-feira, aponta para setenta e oito pessoas dadas como mortas na sequência do incêndio. Mas as buscas continuam no edifício de 24 andares para recuperar os corpos das vítimas e o número final poderá ser ainda mais elevado. Segundo as autoridades, o processo de identificação de todos os mortos pode durar várias semanas.