Última hora

Última hora

Alegria e indignação depois da condenação de Lula da Silva

Os apoiantes do antigo presidente brasileiro não se coibiram em mostrar o desprezo pela decisão do juiz Sérgio Moro.

Em leitura:

Alegria e indignação depois da condenação de Lula da Silva

Tamanho do texto Aa Aa

A indignação e a alegria tomaram conta das ruas do Brasil após a notícia da condenação de Lula da Silva a uma pena de prisão.

Os apoiantes do antigo presidente brasileiro não se coibiram em mostrar o desprezo pela decisão do juiz Sérgio Moro.

Os petistas gritaram novas palavras de ordem contra o atual presidente Michel Temer e asseguram que a condenação faz parte de uma maquinação para impedir o retorno de Lula da Silva ao poder.


“Fizeram o possível para derrubar a Dilma. Derrubaram a Dilma. Agora, o que ocorre depois de derrubar a Dilma, depois de prometerem que o país ia voltar aos investimentos, que o país ia crescer… O país está afundando há um ano e quatro meses. O que acontece? A candidatura do Lula cresce cada vez mais. Então, é preciso condenar o Lula”, assegura um apoiante do ex-presidente.

Em contraponto, a decisão de Sérgio Moro em condenar o antigo presidente é vista como algo positivo. Um passo em direção à justiça.

Uma brasileira afirma que “a sentença de condenação dele é um passo. Não é motivo para comemorar porque é lamentável. Mas é, sim, um símbolo de que a justiça está acontecendo no Brasil e que nenhum homem está acima da lei. Nem um ex-presidente.”


Lula da Silva não será já encarcerado. A sentença tem de ser ratificada pelo tribunal de segunda instância. O antigo presidente enfrenta ainda mais quatro acusações de branqueamento de capitais, corrupção e obstrução da Justiça, no âmbito da “Operação Lava Jato”.